terça-feira, 14 de abril de 2015

Aguardem! 


Não há fronteiras para a poesia!



RECLAMAR COMO SEMPRE
AGIR COMO NUNCA!
- Sérgio Vaz

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Recent Posts