quinta-feira, 4 de junho de 2015

O CINECLUBE ZUMBIS APRESENTA: “BODAS DE SANGUE”, de Carlos Saura

                                                          

 ENTRADA GRATUITA
  *Após a exibição será feito o debate do filme.
* Baseado na peça homônima de Federico Garcia Lorca

Local: Anfiteatro da Unemat.

 Data e Horário: Sábado, 06/06, às 19:00h.

Título original: “Bodas de Sangre”


Produção: 1981

Lançamento: 9 de março de 1981

País de origem: Espanha

Idioma do Áudio: Espanhol

Diretor: Carlos Saura

Elenco: Cristina Hoyos / Antonio Gades / Juan Antonio Jiménez / Carmen Villena

Gênero:
Drama / Musical

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos


SINOPSE:

Bodas de Sangue é um verdadeiro tributo de Carlos Saura a uma de suas maiores paixões, a dança. Este é o primeiro filme de sua famosa e vitoriosa trilogia, que conta ainda com Carmen, de 1983, e Amor Bruxo, de 1986.
Bodas de Sangue conta a história de dois jovens apaixonados que são impedidos pelas suas famílias de ficarem juntos. O reencontro acontece justamente no dia do casamento da jovem com um outro homem. Um trágico destino selará este triângulo amoroso, retratado com a magia de uma das maiores expressões de arte da Espanha: a dança flamenca.

CRÍTICA:

<<Saura e sua trilogia sobre música flamenca:

(AVISO – SPOILER -)

Bodas de Sangue é o primeiro filme de uma trilogia flamenca realizada por Carlos Saura, que se completa com Carmen (1983) e Amor Bruxo (1986). Em 1995, Saura voltou à dança quando filmou Flamenco.

Bodas de Sangue é uma autêntica celebração de uma das grandes artes da cultura espanhola. Antonio Gades, gênio da dança flamenca, transformou em balé uma das mais populares histórias de Federico Garcia Lorca, sobre uma trágica cerimônia de casamento. E Carlos Saura a filmou de forma despojada, como se fosse um simples ensaio de uma companhia de dança.

A câmera mostra os camarins e o palco onde os dançarinos estão fazendo um "ensaio corrido" do espetáculo, dividido em seis partes. Na primeira cena, uma mãe ajuda seu filho a vestir o traje nupcial quando descobre com ele uma faca, que ela pega e esconde.

Na segunda cena, o espectador conhece Leonardo (Antonio Gades), e vê-se uma incrível seqüência demonstrando o ciúme enfurecido de sua mulher. O motivo: Leonardo está apaixonado por uma jovem ­justamente a que está de casamento
marcado.

A terceira cena é como um sonho em que Leonardo e sua amada, a noiva prometida a outro, imaginam que estão juntos e felizes. Na quarta cena ocorre a cerimônia de casamento propriamente dita. Em um instante em que o noivo deixa a noiva sozinha, Leonardo e ela dançam juntos.

Na quinta cena, a mãe do noivo lhe dá de volta a faca, e na sexta e derradeira, se dá o encontro fatal entre os dois rivais.

Nascido em Aragon, Espanha, em 1932, Carlos Saura começou a carreira como fotógrafo. Em 1952 resolveu estudar cinema. Apesar de problemas com a censura, Saura nunca saiu da Espanha e tornou-se um dos diretores mais importantes do país. Sua obra oscila entre a crítica às instituições e à família espanhola e a exaltação de suas riquezas culturais (caso da trilogia flamenca, ode à música e à dança do país).

No Festival de Berlim, o cineasta já ganhou o Urso de Ouro (em 1981, pelo filme Deprisa, Deprisa) e, por duas vezes, foi eleito o melhor diretor (em 1966, por La Caza, e em 1964, por Peppermint Frappé). Cria Cuervos, um dos melhores filmes sobre a infância já feitos, levou o Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 1976

Premiações:

Festival Internacional de Filmes de Chicago (1981)
Nomeado para o Grande Prêmio – Gold Hugo – Melhor Caracterização

Festival Internacional de Filmes Karlovy Vary (1982)
Prêmio Especial do Júri – Carlos Saura
Empatado com Jaroslav Balík por Konecná stanice (1981).

Prêmios ACE (1982)
Melhor Filme

Prêmio Círculo de Escritores de Cinema (1982)
Melhor Filme

Festival Mundial de Montreal (1986)
Prêmio Especial do Festival - Carlos Saura 
Por sua trilogia, junto com “Carmen” (1983/I), e “El Amor brujo” (1986), na ocasião da apresentação de "El Amor Brujo".

FONTES:

IMDB:

Filmow:


Livraria Cultura:

Making Off:

Duração:  72 minutos

TRAILER




---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Recent Posts